Variação do CO2 atmosférico e do efluxo de CO2 do solo em sistema ILPF no leste da Amazônia

Resumo: As atividades humanas vêm alterando a cobertura e o uso da terra, promovendo um aumento dos gases de efeito estufa (GEE). Uma estratégia sustentável para mitigar o aumento dos GEE é o sistema integração lavoura-pecuária-floresta (ILPF), que integra atividades agrícolas, pecuárias e florestais em cultivo consorciado, em sucessão ou rotacionado na mesma área. Medições da concentração de CO2 na atmosfera ([CO2]) e efluxo de CO2 do solo (Esolo) são alguns dos parâmetros necessários para o estabelecimento do ILPF como um sistema sustentável. Foram conduzidas 3 campanhas intensivas de 24 horas de duração nos períodos: i) menos chuvoso de 2017; ii) mais chuvoso de 2018; e, transição de chuvoso para menos chuvoso de 2018, no município de Terra Alta, Pará, no leste da Amazônia. Os maiores valores da [CO2] e Esolo foram observados durante a campanha do período mais chuvoso de 2018, um indicativo de que a sazonalidade pode ter uma forte influência sobre essas duas variáveis.

Associadas Rede ILPF

Secretaria Executiva