Bertholletia Excelsa

  • Resumo: A estrutura é um dos atributos mais importantes do solo sob o ponto de vista agrícola, tendo participação fundamental nas relações solo-planta. O objetivo deste trabalho foi avaliar alguns atributos físicos de um Latossolo Amarelo textura argilosa em sistema de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (iLPF), instalado no ano de 2010 com cultivo de Castanha do Pará (Bertholletia excelsa) consorciada com culturas agrícolas e comparado com uma área de capoeira secundária, onde as seguintes variáveis foram analisadas: granulometria, densidade do solo, microporosidade, macroporosidade e porosidade total. O alto teor de argila caracterizou este solo na classe de textura argilosa. A densidade do solo variou significativamente entre os componentes do sistema em estudo. A capoeira apresentou maior porosidade total em relação aos demais sistemas na camada superficial. A macroporosidade e a microporosidade apresentaram diferença em todos os tratamentos. A densidade do solo, a porosidade total, e a macroporosidade e microporosidade, em todos os sistemas indicaram valores dentro do nível considerado não restritivo ao crescimento e desenvolvimento do sistema radicular das plantas. O sistema de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta não influenciou negativamente nos atributos físicos avaliados neste sistema, aos três anos de idade

  • Resumo: O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência do sistema de integração Lavoura-Pecuária-Floresta (iLPF) sobre a taxa de sobrevivência e o crescimento inicial de Castanha do Pará (Bertholletia excelsa), Cumaru (Dipteryx odorata) e mogno africano (Khaya ivorensis) em Belterra - Pará. Foi utilizado um delineamento inteiramente casualizado em cinco repetições. As parcelas foram compostas pelos renques do sistema iLPF: Castanha do Pará, Cumaru e Mogno africano. Foram analisadas as variáveis: Altura (m) e a taxa de sobrevivência (%). Os resultados da análise estatística indicaram diferença significativa para a taxa de sobrevivência, sendo os maiores valores (96,88 e 97,57%) apresentados pela Castanha do Pará e Mogno africano. O crescimento em altura das plantas apresentou diferença significativa entre os tratamentos, sendo o maior valor (1,27 m) encontrado no Mogno africano. As espécies florestais cultivadas no sistema de integração Lavoura-Pecuária-Floresta mostraram-se promissoras para serem utilizadas na recuperação de áreas degradadas em função da alta adaptabilidade na região em estudo, sendo indicado o seu cultivo.

Associadas Rede ILPF

Secretaria Executiva