2017

  • Resumo: Com o aumento da demanda mundial por alimentos e a crescente preocupação com a preservação do meio ambiente, busca-se alternativas de produção mais sustentáveis, que exerçam menor pressão ambiental aos recursos naturais disponíveis e consequentemente maiores benefícios econômicos. Uma alternativa aos sistemas tradicionais são os sistemas de integração, caracterizados como rotações de culturas e um mesmo espaço físico, no mesmo período ou em períodos diferentes, promovendo sinergia entre os componentes. Segundo Macedo (2009), a integração Lavoura Pecuária demonstra ser uma alternativa eficiente na recuperação de pastagens e em manutenção da produtividade, esses componentes interagem em vários aspectos, como: manejo, física e biologia do solo e também o aumento de renda aos produtores, gerando um maior benefício social ao campo. Este trabalho tem por objetivo analisar a interação dos custos com adubação e uso do solo com a geração de receita de dois sistemas de integração Lavoura-Pecuária.

  • Resumo: O estabelecimento do componente florestal em sistema silvipastoril configura-se uma fase crítica, pois os danos causados pelos bovinos podem comprometer o sucesso do sistema. Diante disso, objetivou- -se avaliar a incidência de danos em espécies florestais causados por bovinos em sistemas integrados. Foi utilizado um experimento de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta manejado com as espécies de eucalipto (Eucalyptus urophyla), paricá (Schizolobium amazonicum) e mogno-africano (Khaya ivorensis). A incidência dos danos causados pelos animais nas árvores foi realizada em função da ocorrência na planta: SD = sem dano à árvore; LD = lesão maior do que 5 cm de diâmetro; LC = lesão de casca, sem alcançar o câmbio; LT = lesão do tronco alcançando o lenho pela retirada do tecido cambial. Os plantios de paricá e eucalipto não apresentaram danos causados por bovinos. O mogno-africano foi danificado por bovinos e a presença de danos representou cerca de 83,5% do plantio de um total de 431 indivíduos, sendo classificados como: LD 18,1%, LC 39,2% e LT 26,2%. Entre as três espécies florestais estudadas, o mogno africano foi a que apresentou o maior índice de danos causados pelos bovinos neste estudo

  • Resumo: Objetivos da integração lavoura - pecuária; Tecnologias para a integração lavoura - pacuária; Regiões de clima temperado; Regiões de transição climática e regiões tropicais; Sistema Santa Fé; Sistema barreirão; Sistema mistos; Impactos da integração lavoura - pecuária na produção de bovinos; Vantagens da integração para o sistema agropecuário e para o meio ambiente; Referências.

Associadas Rede ILPF

Secretaria Executiva