sistemas integrados

  • Resumo: O objetivo deste trabalho é estudar o nível de adoção, barreiras e oportunidades para a ILPF no Estado de Goiás. A metodologia utilizada para realizar este trabalho é a pesquisa qualitativa, e o estudo será segmentado em duas etapas, onde na primeira serão realizadas entrevistas semiestruturadas com especialistas na área de ILPF, que são colaboradores da Faeg, pesquisadores da Embrapa e colaboradores da Emater-GO, a fim de levantar dados para a estimação da área adotada de ILPF no Estado.

  • Resumo: This paper presents technical coefficients of the tree or animal components, because they represent economic activities that last longer in the system, in order to support decision making on ICLFS for potential future adopters, based on a six years? experience.

  • Resumo: Uma pecuária leiteira sustentável sob o ponto de vista ambiental e econômico é um grande desafio para a região Centro-Oeste do Brasil. Este estudo objetivou avaliar a viabilidade econômico-financeira de sistemas integrados para produção de novilhas leiteiras na região Norte do Estado de Mato Grosso. Foram avaliados dois sistemas para a produção de novilhas, assim identificados: sistema de integração lavoura-pecuária e sistema de integração lavoura-pecuária-floresta. Os sistemas foram monitorados entre 2010 e 2015, durante a fase de implantação e produção na Base Experimental de Produção de Leite em sistemas integrados da Embrapa Agrossilvipastoril em Sinop, Mato Grosso, Brasil. Projetou-se um horizonte para exploração de 14 anos, considerando uma área de 50 ha para cada Sistema Integrado. A partir do uso de planilhas eletrônicas foram projetados os fluxos de caixa para cada sistema para verificar a viabilidade econômico-financeira. Calculou-se o valor presente líquido, aplicando-se as taxas de descontos de 6, 8, 10 e 12 % ao ano. Os sistemas apresentaram valor presente líquido positivo quando submetidos à taxa de 10 % ao ano. A taxa interna de retorno foi de 11,37 % para o sistema integração lavoura-pecuária e a recuperação do capital investido foi de oito anos e oito meses. Para o sistema integração lavoura-pecuária-floresta, a taxa interna de retorno foi de 10,73 % e o tempo de recuperação do capital investido foi de oito anos e três meses. O preço de venda das novilhas leiteiras com prenhez confirmada foi o item de maior influência nos resultados dos sistemas. Os sistemas apresentaram baixo risco econômico-financeiro. Os sistemas integrados de produção de novilhas são financeiramente viáveis, tornando-se boas opções para investimento, recomendando-se a adoção em função do perfil individual do investidor, quer seja pela capacidade de assimilação e gestão da tecnologia, quer seja pela capacidade financeira disponível para investimento.

  • Resumo: O sistema de integração lavoura-pecuária-floresta (ILPF) vem se consolidando como uma alternativa viável de produção agropecuária, integrando os componentes lavoura, pecuária e floresta, em rotação, consórcio ou sucessão, na mesma área e principalmente, por possibilitar que o solo seja explorado economicamente durante todo o ano, favorecendo o aumento na oferta de grãos, de carne e de leite a um custo mais baixo, devido ao sinergismo que se cria entre lavoura e pastagem e floresta. Dentro do grupo das arbóreas, o eucalipto é uma das mais estudadas e conhecidas tendo grande variabilidade genética e, consequentemente, propriedades distintas que predispõem as árvores para aplicação em diversos setores (Pereira et al., 2000) com destaque por apresentarem rápido crescimento em diferentes habitats, elevado rendimento econômico e inúmeras aplicações (Macedo et al., 2010) além da boa adaptação que suas espécies tiveram em quase todo o território nacional, apresentando produtividades muito elevadas (Mora; Garcia, 2000; Valverde et al., 2004; Vellini et al., 2008). Assim, o conhecimento das causas de redução ou estagnação do desenvolvimento e crescimento da planta pode auxiliar na escolha de materiais geneticamente superiores e/ou adoção de técnicas de manejo mais adequadas para a redução do tempo de produção, para o aumento da eficiência produtiva (ex.: aumento da eficiência do uso de recursos naturais), e maximização do volume comercializável do fuste das árvores (Wimmer et al., 2002). A limitação do crescimento das plantas imposta pela baixa disponibilidade de água devese, principalmente, à redução do balanço de carbono da planta, que é em grande parte dependente da fotossíntese (Flexas et al., 2009). A fotossíntese é muito responsiva a disponibilidade de água, sendo que o déficit hídrico reduz a fotossíntese por meio do fechamento dos estômatos e diminui a eficiência do processo de fixação de carbono (Pallardy, 2008). O objetivo deste trabalho foi avaliar características fisiológicas e dendrométricas de um clone de Eucalyptus grandis X Eucalyptus urophylla sob estresse hídrico, em condições de campo, do início da estação seca até a estação chuvosa, visando o estudo do efeito da irrigação na antecipação da entrada de animais em sistemas integrados com a presença do componente arbóreo.

  • Resumo: A estrutura é um dos atributos mais importantes do solo sob o ponto de vista agrícola, tendo participação fundamental nas relações solo-planta. O objetivo deste trabalho foi avaliar alguns atributos físicos de um Latossolo Amarelo textura argilosa em sistema de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (iLPF), instalado no ano de 2010 com cultivo de Castanha do Pará (Bertholletia excelsa) consorciada com culturas agrícolas e comparado com uma área de capoeira secundária, onde as seguintes variáveis foram analisadas: granulometria, densidade do solo, microporosidade, macroporosidade e porosidade total. O alto teor de argila caracterizou este solo na classe de textura argilosa. A densidade do solo variou significativamente entre os componentes do sistema em estudo. A capoeira apresentou maior porosidade total em relação aos demais sistemas na camada superficial. A macroporosidade e a microporosidade apresentaram diferença em todos os tratamentos. A densidade do solo, a porosidade total, e a macroporosidade e microporosidade, em todos os sistemas indicaram valores dentro do nível considerado não restritivo ao crescimento e desenvolvimento do sistema radicular das plantas. O sistema de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta não influenciou negativamente nos atributos físicos avaliados neste sistema, aos três anos de idade

  • Resumo: Ao longo das últimas décadas, o crescimento da agropecuária na região amazônica tem sido bastante expressivo, sobretudo em estados como Mato Grosso e Pará. No entanto, tais atividades vêm gerando impactos ambientais e sociais significativos, mas pouco reverteram em benefícios para a maioria da população local. Historicamente, a bovinocultura tem sido a principal responsável pelo desmatamento na região (Santos et al., 2007; Fundo Amazônia..., 2012). Além do passivo ambiental, expansão da pecuária também pode ser associada a outros problemas socioambientais como a emissão de gases de efeito estufa (Bustamante et al., 2014) e a conflitos fundiários (Barreto et al., 2008). Segundo Townsend et al. (2010), a pecuária se consolidou como uma das principais atividades pioneiras durante a ocupação da Amazônia legal, mas como já destacado acima, seguindo um modelo extensivo e pouco tecnificado com baixa lucratividade. Entre os municípios do bioma Amazônico, destaca-se Alta Floresta, localizado ao norte de MT. Esse trabalho teve como objetivo avaliar o impacto da implantação de boas práticas agropecuárias nos indicadores de sustentabilidade, visando à eficiência nos aspectos econômico, produtivo, ambiental e social dos sistemas de pecuária de corte no bioma da Amazônico.

  • Resumo: A pecuária brasileira vem passando por algumas transformações significativas ao longo dos últimos anos. Algumas iniciativas têm trabalhado com a adoção das boas práticas agropecuárias visando maior competitividade dos sistemas de produção, incluindo a adoção de estratégias voltadas para o incremento do bem-estar animal como a arborização de pastagens. Em sistemas silvipastoris, a temperatura do ar sob a copa de árvores pode ser de 2 a 3 ºC inferior à observada a pleno sol em virtude da proteção fornecida pela folhagem e redução da exposição à radiação solar (Pezo; Ibrahim, 1998). Alguns índices de conforto térmico são úteis na caracterização do microclima utilizando variáveis como umidade relativa do ar e temperatura ambiente, sendo possível avaliar o estresse térmico pelo qual os animais estão submetidos a partir dos resultados encontrados em cada sistema (Martello, 2006). Além das variáveis ambientais, o uso voluntário de sombra nas pastagens e o tempo destinado à ruminação e ócio podem ser indicadores de estresse pelo calor devido às alterações no hábito de pastejo (Betancourt et al., 2003). Alguns resultados demonstram que o tempo gasto à sombra é proporcional à temperatura do ar, e animais sem acesso à sombra passam maior tempo ao redor do bebedouro (Widowski, 2001). Wheelock et al. (2010) verificaram uma queda de 30% no consumo de matéria seca nos animais em ambiente de estresse calórico, assim como uma redução de 27,6% na produção de leite. Rhoads et al. (2009) observaram um decréscimo médio no consumo de matéria seca de 7,45 kg/dia quando o índice de temperatura e umidade passou de 64. Este trabalho teve como objetivo caracterizar o ambiente em diferentes arranjos de integração silvipastoril, assim como correlacionar o índice de temperatura e umidade ITU e o comportamento de novilhas Girolanda nas condições encontradas no norte de Mato Grosso.

  • Resumo: A inserção de tecnologias sustentáveis em pequenas propriedades é o principal desafio dos projetos desenvolvidos na Base experimental de sistemas integrados de produção de leite. Trata-se de uma linha multidisciliplinar e multiinstitucional que visa conhecer e validar tecnologias de associações, consorciações e sucessões voltadas a pequenas áreas cuja finalidade principal é a produção de leite. Para isso, foram conduzidos diversos experimentos na citada Base Experimental da Embrapa Agrossilvipastoril em Sinop, MT. Os estudos abrangem avanços no conhecimento dentro e entre os componentes agrícolas, pecuário, pastoril e arbóreo, passando pela transversalidade de estudos em emissão de gases de efeito estufa, microclima, economia, utilização de resíduos, espacialização e modelagem dos dados, divulgação e transferência de tecnologia. A expectativa é responder à sociedade com soluções tecnológicas aplicáveis e sustentáveis para melhoria dos sistemas de produção de leite em ambiente tropical, especificamente cerrado e área de transição onde se concentra grande parte das áreas agricultáveis do Brasil.

  • Resumo: Os sistemas integrados são considerados sistemas mais complexos por associarem duas ou mais culturas no mesmo espaço, a exemplo dos sistemas de integração lavoura-pecuária e integração lavoura-pecuária-floresta. Essa maior complexidade dos sistemas também pode ser atribuída à maior dinâmica com que ocorrem as culturas dentro dos sistemas, levando assim, à modificação das relações normalmente observadas entre as culturas e as plantas daninhas. O efeito supressor das pastagens, assim como do eucalipto em sistemas consorciados, pode alterar a composição e a densidade da comunidade de plantas daninhas nesses sistemas. No entanto, apesar desse efeito que pode ser considerado no manejo cultural de plantas daninhas, verificamos a necessidade de efetuar também o manejo com herbicidas para seu efetivo controle.

  • Resumo: This research aimed to determine the levels of MBC and MBN of the soil microbial biomass in six agricultural management systems.

  • The Cerrado of Maranhão has stood out in the production of grains in cropland areas. Although intensely managed during the cropping cycle, these areas remain idle or underutilized for longer periods in the dry season. An alternative for the more efficient use of these areas is the use of integrated crop-livestock systems. This system is characterized by diversification, rotation, intercropping and / or succession of agricultural and livestock activities within the farm, resulting in a single system with mutual benefits. This study aimed to evaluate the production of young cattle in an integrated crop-livestock system in Maranhão, during the dry season.

  • Resumo: A produtividade da pastagem nos sistemas agrossilvipastoris é influenciada por uma série de fatores, tais como: densidade de árvores; altura das árvores; arquitetura da copa e fenologia de cada espécie. A modificação do ambiente luminoso e o microclima gerado pelas copas das árvores pode alterar as características estruturais do dossel forrageiro e o valor nutritivo do estrato pastejável. Em sistemas de produção animal em pasto, a estrutura do dossel forrageiro é considerada causa e ao mesmo tempo consequência do processo de pastejo (Carvalho et al., 2009), sendo responsável pela quantidade de nutrientes ingeridos pelos animais (Carvalho et al., 2001). Nesse sentido, as alterações promovidas pela sombra das árvores podem influenciar os padrões de busca e preensão de forragem, interferindo na quantidade e qualidade dos nutrientes ingeridos ao longo do dia, com potencias impactos sobre o desempenho e produtividade animal. Com base no exposto, o objetivo geral deste trabalho foi avaliar o efeito do sombreamento sobre a estrutura do dossel forrageiro de Brachiaria brizantha (Hoschst. Ex A. Rich) cv. Piatã sobre o comportamento ingestivo dos animais em pastejo e sobre o valor nutritivo da forragem consumida.

  • Resumo: O crescimento populacional e consequentemente da demanda por alimentos, fibra e energia tem provocado mudanças significativas no uso e cobertura dos solos, em especial nas regiões de clima tropical (Foley et al., 2005), o que, por sua vez, tem resultado no processo erosivo acelerado dos solos. A erosão hídrica acelerada é um dos principais fatores que atuam na redução da produtividade dos solos agrícolas (Carvalho et al., 2007). Esta, por sua vez, depende da precipitação, topografia, cobertura vegetal e das práticas conservacionistas utilizadas nos sistemas de produção. Entre esses fatores, os dois últimos são determinantes na redução da erosão hídrica em sistemas agrícolas, pois atuam tanto na redução do impacto das gotas da chuva quanto no aumento da matéria orgânica do solo, favorecendo o desenvolvimento do sistema radicular e a melhoria de atributos físicos do solo relacionados à infiltração de água e à agregação. Neste contexto, a implementação de sistemas integrados de produção, tais como a integração lavoura-pecuária-floresta (ILPF), apresenta potencialidade para a ?intensificação? sustentável e conservação dos recursos água e solo, base para todo sistema de produção. Objetivou-se com este trabalho avaliar as perdas de água e solo em área com sistemas ILPF e em área com solo exposto. Adicionalmente, buscou-se avaliar também a taxa de infiltração de água no solo.

  • Resumo: O milho é uma cultura que se destaca em sistemas integrados de produção pelas inúmeras aplicações na propriedade agrícola, por apresentar bom desempenho em consórcio com forrageiras, além de possibilitar a colheita mecanizada, tanto para silagem quanto para grãos. Entretanto, pode apresentar baixo desempenho nas áreas sob influência direta das copas do eucalipto, uma vez que é uma espécie que não tolera sombreamento. A escolha das espécies forrageiras deve se apoiar na sua capacidade produtiva, tolerância ao sombreamento e adaptação às condições edafoclimáticas do local. Este último aspecto, é mais relevante em área de cerrado, com características particulares de solos ácidos, de baixa fertilidade e estação seca bem definida e prolongada. Com relação à tolerância ao sombreamento, espécies como Urochloa brizantha (cvs. Marandu, Xaraés e Piatã), U. decumbens cv. Basilisk, Panicum maximum (cvs. Aruana, Mombaça e Tanzânia) e Panicum spp. cv. Massai são consideradas tolerantes e com produção de forragem satisfatória em sistemas integrados, entretanto experimentos de longo prazo não tem comprovado essa tolerância em todas elas. Neste contexto, estudos com o estabelecimento do consórcio milho com Urochloa spp. nestes ambientes com baixa luminosidade ainda são escassos, principalmente porque o sistema de iLPF é dinâmico e complexo, em virtude das interações entre as culturas, animais e diversas práticas. Desta forma, é de fundamental importância ampliar os estudos científicos com culturas anuais consorciadas com espécies forrageiras e arbóreas.

  • Resumo: Integrating crop and livestock systems have been currently disseminated as a viable alternative to obtain both grain production and forage in the same cultivated area. In the Maranhão state sustainable agricultural practices has been adopted by some Farms. Examples are the Integration Crop-Livestock Systems (ICLS) and No-Tillage System, which provide numerous benefits for the soil conservation, allow an increase of grain yield and sustainability of the system. This study aims to evaluate the corn yield in a farm which adopted the ICLS, in Peritoró County, Maranhão State, Brazil.

  • Resumo: Com o aumento da demanda mundial por alimentos e a crescente preocupação com a preservação do meio ambiente, busca-se alternativas de produção mais sustentáveis, que exerçam menor pressão ambiental aos recursos naturais disponíveis e consequentemente maiores benefícios econômicos. Uma alternativa aos sistemas tradicionais são os sistemas de integração, caracterizados como rotações de culturas e um mesmo espaço físico, no mesmo período ou em períodos diferentes, promovendo sinergia entre os componentes. Segundo Macedo (2009), a integração Lavoura Pecuária demonstra ser uma alternativa eficiente na recuperação de pastagens e em manutenção da produtividade, esses componentes interagem em vários aspectos, como: manejo, física e biologia do solo e também o aumento de renda aos produtores, gerando um maior benefício social ao campo. Este trabalho tem por objetivo analisar a interação dos custos com adubação e uso do solo com a geração de receita de dois sistemas de integração Lavoura-Pecuária.

  • Resumo: Ainda que os sistemas de integração se mostrem como uma estratégia promissora para o aumento da produtividade e otimização do uso da terra, a falta de resultados econômicos é, muitas vezes, um obstáculo para a adoção desses sistemas. Por meio do acompanhamento dos experimentos de integração realizados na Embrapa Agrossilvipastoril foi possível realizar o mapeamento das atividades de implantação e condução dos sistemas. No presente trabalho será apresentada uma análise do custo operacional do sistema de integração lavoura-pecuária, integração pecuária-floresta e integração lavoura-pecuária-floresta implantados na Embrapa Agrossilvipastoril, no período de 2011 a 2016

  • Resumo: Neste capítulo serão abordados os estudos entomológicos a fim de caracterizar os efeitos da integração sobre a dinâmica de pragas e inimigos naturais. As informações obtidas permitem a geração de parâmetros de sustentabilidade dos sistemas integrados como menor infestação de pragas ou redução da necessidade de pulverizações assim como a detecção de efeitos negativos da integração que porventura ocorram, gerando assim demandas de pesquisa para subsidiar os produtores no manejo fitossanitário dos componentes produtivos. Portanto, objetivou-se avaliar a dinâmica de insetos em sistemas de produção exclusivos e integrados ILPF no Norte de Mato Grosso.

Página 1 de 3

Associadas Rede ILPF

Secretaria Executiva