Você sabe o que é realidade virtual e realidade aumentada? A revolução tecnológica está cada vez mais presente no cotidiano do produtor rural, contribuindo não somente para o aumento de produtividade das fazendas, como também para a capacitação de jovens e adultos que buscam entender mais sobre um sistema produtivo que é especialidade brasileira, a integração lavoura-pecuária-floresta.

A ILPF é uma das principais ferramentas que o produtor tem hoje para corrigir um grande problema do agro brasileiro: a degradação de pastagens, que atualmente atinge uma área expressiva no país. “Um dos cenários que a gente foca mais aqui é o caso das pastagens degradadas. A gente tem mais de 60 milhões de hectares de pasto degradado no Brasil e usando estes sistemas de integração com a lavoura e também com a floresta você consegue potencializar o uso deste solo e melhorar a qualidade das pastagens para o produtor, para o pecuarista, além da ambiência que o eucalipto traz de qualidade também em índices zootécnicos para os animais”, disse a engenheira agrônoma e analista de sementes da Soesp, Andreza Cruz.

Andreza concedeu entrevista à equipe de reportagem do Giro do Boi durante a Intercorte ao fim de 2018 na capital São Paulo, ocasião em que a Rede ILPF, uma parceria entre a Embrapa e empresas do setor privado, apresentou novidades que chamaram a atenção do público presente.

Estas novidades são plataformas de realidade virtual e realidade aumentada para informar pecuaristas, agricultores e até o público mais jovem, como alunos em idade escolar, sobre os benefícios da integração, visto que, segundo a agrônoma, a principal dificuldade para implantação do sistema é justamente ter coragem para inseri-lo dentro da porteira.

Segundo José Heitor Vasconcellos, analista da Embrapa Milho e Sorgo, alguns destes trabalhos da Rede ILPF já foram expostos até na Alemanha, caso da plataforma de realidade aumentada composta por um cubo, que traz imagens de situações que ocorrem na ILPF, ou mostra os problemas causados pela falta da integração em uma fazenda.

Quando o usuário foca no cubo com a câmera de um celular, por meio do aplicativo específico, ele consegue enxergar as dinâmicas do sistema produtivo. “Aqui mostra o que acontece quando o solo está sem uma palhada, ou proteção. O que vai acontecer quando vem uma chuva e você vai ter erosão. Mostramos também o conforto animal, que é a importância de ter árvores, e também o consórcio da braquiária tanto com o milho quanto com a soja para melhorar a qualidade do solo”, demonstrou o analista.

Ambas as plataformas, tanto a de realidade virtual e também aumentada, estão disponíveis para download gratuito e serem levadas a exposições e salas de aula por todo o Brasil e o mundo.

Veja na reportagem abaixo como funcionam as plataformas de realidade aumentada e virtual da Rede ILPF: 

Fonte: https://www.girodoboi.com.br/noticias/ilpf-auxilia-na-recuperacao-de-pastagens-degradadas-que-ja-somam-60-mi-de-hectares-no-brasil/

Associadas Rede ILPF

Secretaria Executiva