Publicações

Todos os Downloads
Número de Downloads: 139
Ordenar arquivos por:
Padrão | Nome | Autor | Data | Visitas

Resumo: Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF); Preparo e seleção de material de plantio de mandioca; Diversificação da produção e segurança alimentar; Manejo da cultura da goiabeira: Práticas culturais; Adubação verde - Opões para outono/inverno, primavera/verão e especies perenes; Planejamento alimentar na bovinocultura leiteira; Cultivares de feijão; fixação biológica de nitrogênio: Uso de inoculante no feijoeiro; Milhos especiais da Embrapa - Variedades e multiplicação para a agricultura familiar; opções para diversificação na segunda safra. Integração lavoura - pecuária. Consórcio milho - braquiária; Sistemas agroflorestais em bases agroecológicas; Adubação verde e plantio direto em sistemas de base agroecológica; Aproveitamento de materiais orgânicos e produção de húmus; compostagem; Produção de mudas de videira; Baculovírus erinnyis para o controle biológico do mandarová da mandioca.

Resumo: A estrutura é um dos atributos mais importantes do solo sob o ponto de vista agrícola, tendo participação fundamental nas relações solo-planta. O objetivo deste trabalho foi avaliar alguns atributos físicos de um Latossolo Amarelo textura argilosa em sistema de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (iLPF), instalado no ano de 2010 com cultivo de Castanha do Pará (Bertholletia excelsa) consorciada com culturas agrícolas e comparado com uma área de capoeira secundária, onde as seguintes variáveis foram analisadas: granulometria, densidade do solo, microporosidade, macroporosidade e porosidade total. O alto teor de argila caracterizou este solo na classe de textura argilosa. A densidade do solo variou significativamente entre os componentes do sistema em estudo. A capoeira apresentou maior porosidade total em relação aos demais sistemas na camada superficial. A macroporosidade e a microporosidade apresentaram diferença em todos os tratamentos. A densidade do solo, a porosidade total, e a macroporosidade e microporosidade, em todos os sistemas indicaram valores dentro do nível considerado não restritivo ao crescimento e desenvolvimento do sistema radicular das plantas. O sistema de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta não influenciou negativamente nos atributos físicos avaliados neste sistema, aos três anos de idade

Resumo: A estrutura é um dos atributos mais importantes do solo sob o ponto de vista agrícola, tendo participação substancial nas relações solo-planta. O objetivo do trabalho foi avaliar os atributos físicos de um latossolo amarelo em um sistema de integração Lavoura-Pecuária-Floresta. Utilizou-se um sistema de integração Lavoura-Pecuária-Floresta (iLPF) instalado no ano de 2010 com cultivo de Mogno africano (Khaya ivorensis) em consórcio com culturas agrícolas e uma Capoeira. Em que foi analisado as propriedades granulométricas, densidade do solo, microporos, macroporos e porosidade total. O elevado teor de argila caracterizou um solo de textura argilosa. A densidade do solo variou significativamente entre os componentes do sistema em estudo. A Capoeira mostrou maior Volume Total de Poros em relação aos outros sistemas na profundidade 0-10 cm. A macroporosidade e microporosidade apresentaram diferença somente na profundidade 0-10 cm da Capoeira. A densidade do solo, volume total de poros, macroporosidade e microporosidade de todos os sistemas estudados apresentaram valores dentro da faixa considerada não restritiva ao crescimento e desenvolvimento do sistema radicular das plantas. E o sistema iLPF não apresentou danos na estrutura do solo aos três anos de implantação

Resumo: Resumo: O objetivo desse estudo foi comparar sistemas de manejo tradicional e agrossilvipastoris por meio da avaliação dos atributos químicos do solo em sistemas implantados e consolidados no semiáridos cearense. A avaliação de atributos químicos do solo pode auxiliar no manejo e na escolha de sistemas mais conservacionistas, principalmente, em situações em que há baixo emprego de insumos externos. Comparou-se os seguintes sistemas: agrossilvipastoril (culturas agrícolas: milho, sorgo com posterior entrada de caprinos e ovinos na área e árvores nativas perfazendo incidência luminosa de 80%); silvipastoril (pastagem nativa e árvores nativas perfazendo incidência luminosa de 60%); tradicional (área cultivada com consórcio de milho e feijão sem uso de insumos e atualmente em pousio por 7 anos); mata nativa (área de referência ? vegetação Caatinga). Os atributos químicos do solo foram mensurados no fim da estação chuvosa de 2013 (maio/junho) manejos. O esquema experimental adotado foi em parcelas subdivididas, sendo as parcelas os manejos e as subparcelas as profundidades (0-0,10 e 0,10-0,20 m); com cinco repetições. Os sistemas agrossilvipastoril e silvipastorial apresentarem maiores valores de fertilidade do solo em detrimento a manejos tradicionais.

Resumo: This paper presents technical coefficients of the tree or animal components, because they represent economic activities that last longer in the system, in order to support decision making on ICLFS for potential future adopters, based on a six years? experience.

Associadas Rede ILPF

Secretaria Executiva